sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Paixão de verão não sobe morro

E eu te conheci meio sem saber...
Te olhei de longe, seu sorriso me chamou a atenção.
Quis investir, chegar perto, jogar charme...
Conquistar um beijo doce, calmo e leve.
Algo me diria que ali eu me sentiria diferente.
Fui me aproximando aos poucos sem saber...
E de repente seus abraços me dominaram
Me envolveu com um doce suspiro.
E o carinho, o toque, que a tempos não sentia.
Querer-te perto foi o que eu busquei.
Uma briga contra o tempo...
Poucos momentos ao se lado.
Que valeram cada segundo dessa magia.
Minhas escolhas foram tão importantes quanto as suas.
E valorizar o aqui e o agora foi vivenciar essa louca paixão de verão.

P.S: Loucura

Nenhum comentário:

Postar um comentário