terça-feira, 30 de outubro de 2012

Os desafios da solidão

Suas escolhas te trouxeram até aqui: um quarto vazio, uma música triste, um vinho barato e solitária. O telefone não toca, ninguem liga para saber como está. Faz algum tempo que não recebe uma mensagem de "Durma com os anjos!" Sentada frente ao computador vê seus amigos e conhecidos construindo familias: casando, tendo filhos, namorando. E vê que suas escolhas lhe trouxeram até aqui: Até a solidão.
Os garotos que você gostava e tinham todos a sua disposição, possuem outra vida, outro alguém. É dificil reconhecer: "Mas você foi trocada (...) mais uma vez, e mais uma vez (...)!"
Pensar "O que fiz de errado?" parece soar como um mundo de defesas, medos, distanciamentos, barreiras e de querer ser livre.
Liberdade que lhe possibilitou ter asas para ter quem quiser sem se prender. Não se prendeu. E suas escolhas lhe trouxeram até aqui: uma vida só.
Seus vinte e poucos anos já aparentam em seu rosto, em seu corpo, em seu jeito. O sorriso não é mais o mesmo, perdeu a doçura, perdeu o carisma, está fria, seca e durona. Para alguns se tornou "careta"!
Você preferiu amar os estudos, se dedicar aos livros, construir uma carreira.
Você preferiu correr atrás do sucesso, viver os seus próprios sonhos e agora suas escolhas te trouxeram até aqui: você não imagina seu futuro com outra pessoa.
Seu futuro é solitário, repleto de desejos e sonhos para ter liberdade, para se sentir livre, para viver o que você sempre sonhou, sozinha.
Suas viagens tão planejadas só há você e sua máquina.
Seu projeto arquitetonico de casa só tem o seu quarto desenhado.
Como parece ser sofrido para você, vejo suas lágrimas, mas suas escolhas te trouxeram até aqui: a amar somente a si.
E amando somente a si você esqueceu de ensinar o outro a te amar. E com medo de ser só você esqueceu de se valorizar e tudo passou, e todos passaram, e ninguem ficou...
Ninguem ficou para te dar um abraço agora, ou dizer que "tudo ficará bem".
Você é o seu conforto, mas não há mais forças para tentar se proteger!
Hoje vejo você se derramando em dor, em lágrimas em pedidos de ajuda, de atenção, sem ser ouvida!
Hoje vejo em seus olhos uma mulher tão nova e arrependida..."Se eu tivesse feito outras escolhas, se eu tivesse sonhado menos, se eu tivesse aproveitado mais."
Mais ainda se é jovem, são apenas vinte e poucos anos.
Ainda se há tempo para dizer que ama, para se permitir a amar, para deixar ser amada, para lutar e correr atrás de alguém, não apenas de seus sonhos, é possivel se fazer planos com outro alguém.
.
E você me diz "Quem foi que disse que o dificil é amar e ter alguem?!" E eu digo "Você é a prova de que escolher a solidão é viver uma ilusão entre o medo e a liberdade em que a dor é maior, pois não se tem o que ganhar e nem o que perder, somente o sofrer de uma vida só!"
.
E suas escolhas te trouxeram até aqui: Ainda há tempo de colocar outra taça de vinho à mesa!

Boa noite!
P.S: Carente!


Um comentário:

  1. Triste, mas tão verdadeiro. Lançaram um desafio aos homens e às mulheres: alcançar sucesso. Mas, no começo da corrida ninguém qual seria o preço. E o preço foi alto, muito alto.

    ResponderExcluir