segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

2013 ano de despedidas!

Depois de 8 meses sem publicações...Acredito que me dou o direito de (d)escrever o ano de 2013!
OITO MESES que vivi um excesso de sentimentos, confusos e distintos.
Resumidamente foi um ano de DESPEDIDAS!

Me despedi da FACULDADE, me despedi de minha MÃE, dei Adeus a minha AVÓ e ao AMOR que conheci.
Foram 8 meses de intensos sentimentos e emoções. Quanta coisa eu construí e descontrui, Quanta coisa... 
Das dores e sofrimentos só eu sei o que cada dia significa.
Eu precisei ter força e muita força para me reerguer. E mesmo assim ainda me questiono até onde conseguirei ir? ou Será que isto é o que sou?

Sartre já dizia: "O importante não é aquilo que fazem de nós, mas o que nós mesmos fazemos do que os outros fizeram de nós."

Repito essa frase todos os dias, porque é difícil saber de fato o que estamos fazendo conosco.

Me despeço de 2013 com alívio, nunca esperei tanto que um ciclo se fechasse. 
E o que eu levo daqui? Não dá simplesmente para colocar em um saco preto e se desfazer.
As despedidas fazem parte de mim agora, junto com todo o resto que veio.

Mas o que eu levo comigo, isso eu posso escolher.

  1. Eu levo atenção de MÃE, carinho de VÓ, desafios da UFMT e AMOR;
  2. Eu levo a importância de um Bom dia e um Boa noite;
  3. Eu levo a importância de um abraço;.
  4. Eu levo que sonhos não se desistem, se adiam;
  5. Eu levo que não temos controle de tudo, mas de algumas sim;
  6. Eu levo que coisas e pessoas não nos pertencem;
  7. Eu levo o desapego;
  8. Eu levo o amor que aprendi a ter;
  9. Eu levo o carinho que aprendi a receber;
  10. Eu levo agradecimento;
  11. Eu levo que tenho que pedir desculpas sempre que estiver errada e apontar o erro quando estiver certa;
  12. Eu levo arrependimento, mas também alegrias;
  13. Eu levo fotos e mais fotos;
  14. Eu levo viagens, momentos, sorrisos, beijos e abraços;
  15. Eu levo o fim e o começo;
  16. Eu levo a VIDA, pois é ela que dita meu caminho;
  17. Eu levo os amigos, pois estes nunca me abandonam;
  18. Eu levo minha família, é o que se tem de mais importante;
  19. Eu levo tristezas, sofrimento e lágrimas, foi o que fez eu me tornar mais sensível.
  20. Eu levo a importância da minha profissão em ouvir a dor do outro;
  21. Eu levo problemas, mas também levo soluções!
E mais que despedidas, me despeço de mim, para me Reencontrar e me Reconstruir a cada dia.
Porque eu erro, eu peco, eu sofro. Mas eu também amo, perdoo e me arrependo.








terça-feira, 9 de abril de 2013

Contradição

Já dizia o Teatro Mágico somos sujeitos da contradição...

E pois é que somos!
Tanto eu quanto você.

Eu vivendo meu dilema de demonstrar sentimento e de me entregar, mas o medo me faz recuar, um medo de ser negada, de ser trocada mais uma e mais uma vez. E eu me questiono se talvez eu tenha sido boa pra você, ou se talvez eu tenha sido maravilhosa para você, e isso seja muito, muito para suportar.

E você me vem cheio de argumentativas, clichês racionais que cansei de ouvir e que nada ou muito representam você, qual será seu medo? Qual sua dificuldade de tentar?

Ao mesmo tempo que me aproximo, me distancio.
Ao mesmo tempo que se distancia, se aproxima.
Momentos de fogo e paixão.
Momentos de fogo e vazão.
Um pouco mais de vinho para abrir sorrisos.
Um pouco menos de sorrisos ao se abrir o vinho.
As carícias mais picantes eu pensei.
As carícias mais picantes eu desejei.
Meu corpo, minha vontade, meus suspiros.
Meu cansaço, meu esforço, meus suspiros.
Minha parte emocional se recolhe.
Minha parte racional me limita.
Recados de saudade.
Recados de ausência.

No meu corpo só lembranças.
No seu corpo só... O que restou para você?

Vivemos a contradição da presença e ausência, dos desejos e dos medos, de querer e não tentar, de amar e não sofrer!

Boa semana!
P.S: decisão!

sábado, 16 de março de 2013

Só para você saber...

...que isso talvez seja paixão.Ou talvez não seja nada.
É maravilhoso dormir pensando em você e triste acordar sem te desejar.
Me pergunto o que deva ter acontecido nesse pequeno trajeto.
Só para você saber...hoje não dormirei pensando em ti. 
Não imaginarei como será sua chegada, ou como é bom me sentir entre seus braços.
Que talvez só por hoje não sinto mais nada, ou talvez pelos demais dias.
Só para você saber...sinto que algo mudou.
Talvez por esse seu jeito frio, talvez porque eu tenha ficado fria.
Talvez eu tenha me doado demais, talvez você tenha se doado pouco...

And just so you know I'm giving something true...

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Apaixonante


"Só pra constar nos registros por aí
Que todo o meu amor é teu,
Só pra contar pra quem quiser ouvir
Que eu encontrei alguém"
Bom entardecer de sábado
P.S:  Paixão

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Conselhos que ainda darei

Um dia quando não estiver nem muito nova, como agora, e nem muito velha, como daqui há 20 anos, terei uma filha e a ela ensinar tudo sobre a vida, sobre os simples prazeres e sobre a felicidade, ensinarei sobre a tristeza e a solidão, dar seus primeiros passos com segurança e se cair no chão que se rale e chore de dor, quando for para escola ensinarei tudo sobre história, mas também guardarei um pouco para mim para que ela seja curiosa o suficiente e esperta o bastante, e quando ficar mocinha, ahhhh quantos segredos terá pela frente:
  1. Confie em suas amigas, aquelas que estarão ao seu lado sempre, mesmo caso elas se apaixonem por qualquer par de calças;
  2. Quando se apaixonar não abandone as amigas, elas que vão levantar seu espírito;
  3. Tome quantos porres tiver direito, mas nunca quando for a motorista da rodada;
  4. Fique com caras apaixonantes, esses você terá certeza que se lembrará para o resto da vida;
  5. Durma fora de casa e minta para mim, mas eu sei aonde e com quem vai se durmir;
  6. Nunca siga a moda, nem suas amigas, você vai saber valorizar sua beleza e ser sensual sendo você mesma;
  7. Grite comigo até não ter mais fôlego;
  8. Sempre mantenha seus olhos abertos, o homem precisa ver quem você é, mas ao beijá-lo feche-os, nesse instante ele só precisa sentir quem você é;
  9. Saia com amigas solteiras, mas não em grande número, mulheres encalhadas afastam homens;
  10. Saia com amigos não muito bonitos, eles sempre terão amigos agradáveis;
  11. Leia livros e encontre alguém para compartilhá-lo;
  12. Seja romantica e doce com quem acreditar que mereça;
  13. Seja firme e dura com quem não merecer seu sorriso;
  14. Sorria sempre, ele é sua marca registrada;
  15. Discrição é fundamental;
  16. Dance, qualquer ritmo e qualquer música, a felicidade está em movimentar-se;
  17. Tranque-se no quarto quando quiser ficar só;
  18. Chore no chuveiro para escorrer as lágrimas;
  19. Viaje  para bem longe de mim e ligue para falar que está com saudades;
  20. Sonhe com o principe encantado, mas saiba que ele não existe;
  21. Tenha sapatos confortáveis, não pague mico de ficar descalça no meio da balada;
  22. Leia as instruções acima, interprete do seu jeito e aplique como acreditar ser melhor!
A felicidade está em ser única!

Bom entardecer!
P.S: Ansiedade!

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Meu mimo

Nada melhor do que começar o ano com novos hábitos!
Uns param de fumar, outros de beber, alguns aderem a religiões, outros vão emagrecer.
E eu?? Não fumo, beber é um pequeno prazer, sou atéia e não desejo perder nenhum centimetro de gostosura.
Então o que eu poderia fazer para tornar meu 2013 especial?! O que me daria a certeza de que com apenas  um olhar eu veria o mundo e que este mundo caberia em minhas mãos e estaria comigo nos quatro cantos?!
Uma máquina fotográfica!!
Mas não é qualquer máquina é uma Lomo: Diana Mini Latitude.
O meu mimo, a beleza, a leveza, a arte da fotografia com a minha cara.
Por Mi Morelo
P.S: Sorrisos